16 de ago de 2013

Adaptação da Duda

Meninas resolvi me abrir um pouco com vocês sobre minha vida pessoal, meus sentimentos, porque tenho certeza de que quase todas as mães devem sentir o que senti, com a decisão de colocar seus filhos na escola.
Foi relutando um pouco que cheguei a conclusão  de que colocar a Duda na escola, agora depois dela ter feito 2 anos, seria a melhor opção.
Confesso que até tentei esconder de mim que estava com esse sentimento porque achei infantil demais ... mas  pensar em não te la ao meu lado na hora que eu quiser não te ela comigo  pra me acompanhar  ou pra brincarmos, como era de costumes, mexeu um pouco comigo, mas a reação dela ao chegar na escola para conhecer,  foi tão boa, tão inesperda pra mim , que ai tive a certeza de estar fazendo a coisa certa.
Ela já foi entrando na sala de aula, falando com a professora e nem sequer olhou pra trás.... nessa hora fiquei ainda mais aliviada, pensando, (não precisarei passar pela adaptação) que era outro medo que eu tinha... ter que a deixar chorando, falar tchau e ficar vendo ela chorar. não.... eu realmente não estava preparada, e nem achava que estava tão na hora assim, mas ela tinha ido na escola da amiga, saiu chorando de lá e pedindo ITOLA (escola) então levei ela para conhecer uma escola perto de minha casa, super fofa bilingue, super organizada, limpinha, sem escadas , com tela em tudo, brinquedos apropirados para a idade, um lugar que pra mim me pareceu super seguro,  e adorei as professoras  sem contar que é do lado da minha casa, coisa que ajuda muito nos dias de hoje.
Mas é claro que como toda crianca, depois que passa a novidade vem a parte chata,  aquela que citei lá  em cima, que não estava preparada, a tão temida a adaptação, é isso que estou vivenciando com a Duda, ela achou que era so festa, assim como ir ao cinema, ir na casa dos primos, ou ir a uma festa, mas ela percebeu, que lá ela não é o centro  das atenções, que o mundo não gira em torno dela, que quando ela quiser um brinquedo, ela vai ter que lutar pra ter, quando ela quiser  atenção ela terá que disputar com mais 8 crianças, então as vezes ela tem me solicitado, e eu vou lá apareço fico com ela, até ela se envolver em outra atividade, esquecer que ela não estava feliz , e ai converso com ela e falo: a mamãe vai sair pra trabalhar, fique ai com seus amiguinhos brincando , que estou lá fora , quando você quiser me ver. Falo isso porque tenho medo dela ficar traumatizada e não se adaptar  ou demorar muito para adaptar como aconteceu com um sobrinho meu, que demorou 6 meses para adaptar na escola.... Claro que levo em consideração o fato dela ser a primeira filha, ser super mimada pelos pais, avós , tios e primos.
E  o que mais me preocupa, e  ao mesmo tempo me deixa feliz é saber que ela está aprendendo e se desenvolvendo e que  o mundo não vai parar quando ela chorar...
Olha meninas, vou contar para vocês, nao é  e fácil não, hahhahahaha......(quem disse que seria??)
Tomara que ela goste, e que esteja fazendo o que é melhor pra ela, e na fase certa, porque afinal de contas eu só esperei mais tempo mesmo por conta do Antonio ser um bebe muito novo no começo do ano para ficar pegando as gripes e viroses que virão por ai... (isola..)
E vocês  como foram a adaptação de seus filhos???
XOxo
Renata





17 comentários:

  1. Oi Re!

    Sou pedagoga, atualmente faço assessoria na area e posso garantir... que vc teve uma excelente decisão. Se está confiante na escolha da escola... melhor ainda!
    Depois que passar essa fase da adaptação...
    Depois de uns meses na escola...
    Tenho certeza que v da Duda na escola vou ler um post seu dizendo que vc não se arrepende nem por um segundo... e que foi o melhor para a Duda.
    Siga direitinho as orientações da escola com relação a adapação e Aguenta firmeee!!!
    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eh to seguindo a cordenadora vem sempre me ajudar, e dar palpites do que ela achar melhor, vamos ver estou torcendo para essa fase passar logo e ela aproveitar com os amiguinhos

      Excluir
  2. adoorei!

    www.patifurbino.com

    ResponderExcluir
  3. Anônimo09:07

    Rêee do céu!!!
    Estou procurando uma escola pra minha fllha tb....e parece que nenhuma serve..rss!!!
    Outro dia fui numa fazer entrevista e me deu uma sensação tão estranha, imaginando minha filha ali, aíii, rsss...inserir elas na sociedade, nossa...dá uma insegurança mesmo. Mas enfim, faz parte né, nós passamos por isso, nossas mães tb e com certeza será maravihoso para elas esse convívio esse aprendizado. Eu vi a fotinho da Duda no primeiro dia da escola..rsss, ameiiiiiiiiiiiii!!
    Bjs-Lu/RS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, vc viu que fofa, ate chorei no 1 dia de aula dela, nao e facil ver os filhos crescendo hahahahhhahaha, mas e mta bencao tb
      XOxo

      Excluir
  4. Realmente é tudo q vc escreveu colocar nossa filha na escola. A minha tbm, coloquei qdo completou 2 anos, na bilíngue e o pediatra disse q seria importante, pois é a fase da socialização, e para como nossos filhas, q são mimadas por todos e centro das atenções, seria muito importante.
    Então foi o q fiz, e q quase logo desfiz!!!
    Na primeira semana comigo por perto, foi uma maravilha, mesmo nas horas q estava longe da vista dela, qdo ela se lembrava de mim, me chamava...e eu ia...e tudo ficava bem, como vc.
    Mas na segunda semana, foi o caos, ela claro, percebeu q aquilo não era mais festa, q estava fazendo parte da rotina e q eu não estaria mais por perto assim q ela chamasse. Enfim, foram duas loooooooongas semanas de TODOS os dias ela entrar chorando e eu sair urrando!!! Meu Deus, como aquilo me deixava mal, ela grudava em mim, e qdo a professora vinha pega la, ela esticava os braços e dizia chorando muito, volta mamãe, quero a mamãe!!!
    E durante essas duas semanas, eu juro q minha vontade era de tira la do colo da professora e sair correndo de lá com ela nos meus braços......e todos os dias eu dizia ao meu marido q iria tirar ela da escola, q estava muito cedo, etc etc....
    Até q um dia, meu marido teve a ideia dele leva la, quem sabe assim ela não iria chorar, pq pelo menos aqui em casa, ela é mais grudada comigo. E isso deu muito certo, ela não chorou, deu beijo e abraço, tchau e pronto!!! Fizemos isso por uma semana, e ela nunca mais chorou!!!
    E hj, ela ama ir p escola, e o qto eles evoluem é fantástico, e no nosso caso q a escola é bilíngue, vc vai ver como aprendem rápido e q bonitinho tudo q ela vai começar a falar em inglês, é muito fofo!!!
    Pelo q vc viu, ser mãe, cada dia é mais difícil!!! E mais prazeroso tbm!!!! E diante dos sofrimentos, seja forte, uma hora passa, eu sei q parece eterno, mas passa!!!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa otima ideia , vou mandar meu marido levar!!!
      tks pela dica

      Excluir
  5. Oi Renata, que linda esta escolinha. Você pode dizer o nome, por favor? Obrigada! Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo12:43

    Que escola é essa? Que fofa!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Rê!
    Também passei por isso no começo do ano. Meu bebê ficou durante 3 meses chorando na escola. Acho que eu chorava mais que ele... É terrível naquele momento, mas depois que ele entende que na escola tem pessoas carinhosas, ele ficou melhor e o desenvolvimento motor e de fala deram um pulo! Não desista (apesar de dar vontade às vezes), pois é pro bem da sua filha!!! Sucesso! Você é mãe, e nós mamães conseguimos tudo!
    Beijoca
    Duda - Brasília

    ResponderExcluir
  8. Meu filho começou na escola com 1 ano e 10 meses e a adaptação dele foi excelente!
    Não chorou nenhum dia, mas eu fiquei com o coração na mão! Ficava olhando no celular de 5 em 5 minutos para ver se não tinha ligação da escola para ir busca-lo antes de horário. rs...
    No entanto, quando as novidades acabaram e começou a rotina (uns 2 meses depois), ele deu uma desanimada e principalmente após finais de semana e feriados prolongados ele não queria ir para a escola. Aí eu o lembrava de como era legal na escola, que os amigos estavam com saudades, que ele brincava bastante e que voltava feliz da escola. Quando ia busca-lo eu falava: viu como você está feliz? Não é legal a escola?
    Para evitar as viroses, adotei uma prática que deu muito certo aqui em casa! Assim que o pego na escola, a primeira coisa que faço é higienizar as mãozinhas dele com álcool-gel, pois até chegar em casa (não importa a distância) ele colocava as mãos na boca, olhos, nariz... Quando chegamos em casa ele vai direto para o banho. Coincidência ou não, a frequência de viroses aqui caiu quase 100%!
    Uma amiga coloca sorinho nas narinas para limpar diariamente após a escola. Consulte seu pediatra sobre isso também!
    Última coisa: em todas estas transições, pode ter certeza que será mais sofrido para você do que para ela! rs
    Beijo e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, boa ideia, vou comecar a fazer isso principalmente pelo Antonio que ainda eh um bebe e ela chega em casa e ja logo vai brincar com ele...
      tkss pelas dicas
      xoxo

      Excluir
  9. Clau Tavares10:46

    Parabéns! decisão acertada. os filhos precisam sair da redoma, "criar asas", se preparar para a vida, se desenvolver... a escola é o melhor lugar para aprender a conviver com as diferenças. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eh verdade, por isso que coloquei mesmo com todos meus medos, agora e rezar para ela se adaptar

      Excluir
  10. Anônimo23:39

    Re será que vc poderia me ajudar a decidir entre a Primetime e essa outra que vc colocou a Duda??? Estou querendo colocar eu filho na Primetime e gostaria de saber sua opinião . Pq vc optou por outra ??? Obrigada Bjão Pauline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a escolha da escola eh mto pessoal eu adorei as 2 , a primetime eh otima eh mto mais especializada, mais como um bercario , e a da Duda ja eh uma escola mesmo

      Excluir

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...